Como ser revendedora de Roupas e Lingerie?

Aumentar a renda interessa a muita gente e, dessa forma, ser revendedora de produtos, incluindo roupas e lingerie, ganha cada vez mais adeptos. Ser revendedora desses itens significa uma renda extra e pode ser combinada com outros tipos de trabalho. Além disso, há mais pontos positivos, como o fato de não haver um chefe e de o horário ser bastante flexível.

Processo para se tornar revendedora

No geral, é muito fácil se tornar revendedora de roupas e lingerie. A maioria das marcas realiza campanhas cujo objetivo é atrair cada vez mais pessoas para serem revendedoras. Para isso, é preciso entrar em contato com a marca pelo site ou pelo telefone e se cadastrar. Importante dizer que as revendedoras participam de reuniões promovidas pela marca e também que é preciso separar um capital inicial a fim de adquirir as peças que serão vendidas.

Como ser revendedora de Roupas e Lingerie

Como se tornar revendedora da Maria Sacoleira e Provence Lingerie?

Se a ideia é se tornar revendedora da Maria Sacoleira, o processo é simples: basta fazer um cadastro preenchendo os dados que são solicitados. Através do link http://www.mariasacoleiralingerie.com.br/revendedores.html é possível acessar o cadastro que deve ser feito. Já no caso da Provence Lingerie, o cadastro pode ser feito acessando http://www.provencelingerie.com.br/seja-revendedora/.

Cuidados importantes para se tornar uma revendedora

Revender roupa e lingerie significa aumentar a renda e, para que se alcance o objetivo, é preciso tomar alguns cuidados. Um deles é resistir à tentação das promoções. Muitas vezes as revendedoras conseguem descontos para comprar produtos para elas próprias e isso pode ser um motivo de perda de dinheiro. Por isso, não se deve comprar apenas pelo impulso da facilidade. Outro ponto é manter datas e pagamentos bastante organizados.

Aumentar os consumidores é essencial

É possível encontrar compradores em praticamente todos os ambientes: na escola, no trabalho, na vizinhança, no curso, no transporte público, etc. Sendo assim, a revendedora deve estar sempre atenta e procurar ampliar seus contatos. Outro ponto facilitador é ter cartões à mão para distribuir para pessoas que possam se tornar clientes.

One Response

  1. Hélio REVELINO da SILVA cruz

Deixe uma resposta